David Bowie lança o primeiro single

Há 50 anos… dia 14 de janeiro de 1966.

David Bowie lança o primeiro single

POR DANIEL SETTI*

Tão hábil foi David Bowie no controle de suas visionárias transições ao longo de décadas que tendemos a achar que ele nasceu musicalmente “pronto”. Mas não foi bem assim.

Antes de encarnar seu primeiro personagem marcante e mais ou menos duradouro, o hippie com aspirações siderais e sydbarretianas que gravaria Space Oddity (seu segundo álbum, de 1969), ele já ralara por pelo menos sete anos em busca de uma identidade. King Bees, Manish Boys e Davy Jones & The Lower Third haviam sido algumas das bandas pelas quais passara, tocando blues e ecos da primeira safra do rock.

Neste limbo pré-sucesso, quando o futuro “Camaleão” era apenas mais um mod na cena inglesa, foi importante a criação de um pseudônimo. Vendo que o xará Davy Jones, dos Monkees, despontava à fama, ele retomou a forma original de seu primeiro nome e substituiu o sobrenome pelo de Jim Bowie, aventureiro americano do século 19.

A estreia como David Bowie – em companhia da mesma Lower Third – ocorreria há exatos cinquenta anos, com o compacto de sete polegadas “Can’t Help Thinking About Me”, editado pelo selo britânico Pye Records – e quatro meses depois pela Warner, nos EUA. No lado B, “And I Say To Myself”.

O single falhou tanto em entrar nas paradas quanto em definir uma linguagem própria para Bowie, mas é interessante notar como ele já exibia talento como compositor. Apesar dos versos ensimesmados – traduzindo: “Não posso evitar falar sobre mim” e “Eu digo a mim mesmo” -, as melodias de ambas as canções têm certo potencial de colar na memória.

Vale também como registro de que, previamente a passar o resto da carreira antecipando os colegas em anos, ele já tinha pelo menos o dom de soar contemporâneo a eles. As faixas poderiam estar perfeitamente no repertório de Who ou Kinks. Uma geração com quem, aliás, trocou figurinhas.

No vídeo a seguir, de 1999, antes de entoar uma versão de “Can’t Help Thinking About Me”, Bowie conta como era sua convivência com outro ícone do rock sessentista inglês, Steve Marriott, do Small Faces. Ah, e também admite que um trecho da letra é o pior de sua magnífica obra:

My girl calls my name/Hi Dave
Drop in, see you around, come back / If you’re this way again

* O jornalista, músico e DJ paulistano Daniel Setti tem 37 anos e mora em Barcelona desde 2006. Publicou 100 listas musicais pitorescas no blog lavemomaladalista.blogspot.com.br, tem mais 82 inéditas prontas e outras 456 em construção.

“Can’t Help Thinking About Me”:

Fontes:

Wikipedia

allmusic.com

– bowiesongs.wordpress.com

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.